Rápido e explosivo, Jungle Fight 47 define dois campeões do Jungle Belt

Ildemar Marajó levou o Jungle Belt dos médios. Foto: Jefferson Bernardes

Ildemar Marajó levou o Jungle Belt dos médios. Foto: Jefferson Bernardes

Com sete lutas e apenas uma decisão levada aos jurados, o Jungle Fight foi até o Rio Grande do Sul para definir dois campeões do Jungle Belt. Ildemar Marajó é o novo detentor do título dos médios, após nocautear Itamar Rosa. Nos moscas, Arinaldo da Silva levou o cinturão ao finalizar o carioca Junior Abedi com apenas 57s de luta. O evento foi realizado no Ginásio Tesourinha, em Porto Alegre.

Ildemar Marajó, que é irmão do atleta do UFC, Iuri Marajó, fez a luta principal da noite contra Itamar Rosa, valendo o cinturão da divisão de médios do Jungle Fight. A luta começou forte, com trocação intensa por parte dos dois lutadores. Após a explosão inicial, Ildemar e Itamar passaram a se estudar por alguns segundos, até que Ildemar acertou um belo golpe de direita, levando Itamar Rosa ao chão. Marajó não pensou duas vezes e foi pra cima de Itamar, desferindo uma sequência de golpes que obrigou o árbitro a para a luta em um minuto e sete segundos do primeiro assalto. Vitória e cinturão dos pesos médios para Ildemar Marajó.

Pelo coevento principal, Arinaldo da Silva enfrentou Junior Abedi, pelo título dos pesos moscas do Jungle Fight. Veloz, Arinaldo foi pra cima de Abedi com tudo, partindo para as pernas e pressionando seu adversário na grade. Abedi tentou esboçar uma reação ao ser jogado contra as paredes do cage, mas Arinaldo da Silva não esperou e partiu com o braço por cima, encaixando uma guilhotina. O potiguar, de menor estatura, não conseguiu fechar o golpe em pé, e levou Abedi para o chão. Com Junior na guarda e com a guilhotina encaixada, Arinaldo esticou o corpo e fez pressão no braço, obrigando Junior Abedi a bater. A vitória de Arinaldo Silva veio em apenas 57segundos. Após receber o cinturão das mãos de Wallid Ismail, Arinaldo dedicou o título ao ilustre primo, Renan Barão, e ao seu mestre e também mestre de Barão, Jair Lourenço.

Destaque também para a reviravolta na luta entre Lucio Curado e Ary Santos. O carioca Ary Santos foi superior durante todo o primeiro assalto, tanto em pé quanto no chão, onde fez boas passadas e tentou por mais de uma vez finalizar Lucio. Ao começar o segundo assalto, Curado conseguiu acertar bom golpe, que desestabilizou o adversário. Recuperado, Ary tentou ser superior também no segundo round, até que de repente, Lucio conseguiu ganhar as costas e finalizou seu oponente no estrangulamento mão com mão.

Confira os resultados oficiais desta 47° edição do Jungle Fight.

Jungle Fight 47

GinásioTesourinha, Porto Alegre, RS

21 de dezembro de 2012

Ildemar Marajó nocauteou Itamar Rosa a 1min7s do R1

Arinaldo da Silva finalizou Junior Abedi na guilhotina aos 57s do R1.

Sean Cubby venceu Dimitry Zebroski na decisão unânime dos jurados

Lucio Curado finalizou Ary Santos no estragulamento mão com mão a 1min45 do R2

Edmilson Kevin nocauteou Mauro Chaulet aos 3min3s do R1

Wagner Noronha venceu Claudir Dutkevis por nocaute técnico a 1min3s do R1

Douglas Del Rio nocauteou Giovanne Guedes aos 3min38s do R2

Compartilhe


Uma resposta para “Rápido e explosivo, Jungle Fight 47 define dois campeões do Jungle Belt”

  1. jungle fight e o maior evento do brasil, graças ao wallid.

Deixe uma resposta


Tags Relacionadas

Notícias