Os 10 maiores atrativos do Europeu de Jiu-Jitsu 2012

Imagem panorâmica do ginásio Casal Vistoso durante o Europeu de Jiu-Jitsu 2011. Foto por Ivan Tridade.

Panorâmica do ginásio durante o Europeu de Jiu-Jitsu 2011. Foto por Ivan Trindade.

O Europeu 2012 inscreve somente até hoje, portanto é hora de mostrar do que você é feito e cair dentro. Para auxiliar os indecisos, GRACIEMAG.com lista 10 fortes motivos para você fazer parte do primeiro campeonato do Grand Slam da temporada, no fim de janeiro.

1. As novas regras do Jiu-Jitsu

Este será o primeiro campeonato da IBJJF após a reformulação do livro de regras, e a expectativa é por um campeonato ainda melhor para os atletas, para os professores e para a torcida. Mas só vai perceber isso quem por lá estiver. “Adorei as novas regras. A expectativa é a melhor possível. Nós acreditamos que será o maior e melhor Europeu da história, vamos aguardar para ver”, diz o árbitro Muzio de Angelis.

2. Bernardo e Léo Nogueira contra Lagarto

Muitos atletas de ponta estão inscritos na categoria adulto masculino, como Carlos Esquisito, Andrea Verdemare, Francielio da Costa, Bruno Frazatto, Denilson Pimenta, Eduardo Ramos, Wellington Megaton, Jonathan Torres, Roberto Tussa, Igor Araújo, Nivaldo Lima e tantos outros, mas o peso superpesado traz de fato uma atração à parte.

De um lado, o astro Bernardo Faria (Alliance), vice-campeão mundial absoluto. Do outro, Lucio Lagarto (Gracie Barra), que não lutou o Mundial por não ter obtido o visto para os EUA. Para complicar, Bê vem com o parceiro Léo Nogueira, campeão mundial, para desequilibrar a balança. Quem vence?

3. Precisão e técnica na guerra do peso médio

Não deverá haver divisão mais divertida que o peso médio. São 15 nomes por enquanto, todos de respeito. Vá anotando: Victor Estima, Clark Gracie, Otavio Sousa, Gabriel Goulart, Luis Gustavo, Gabriel Rollo, Jake Mackenzie, James Harbison… O páreo será duro, e o medalhista de ouro voltará de Portugal ainda mais respeitado. Quem leva, para você leitor? Palpite abaixo.

 4. O feminino

A presença da faixa-preta “local” Ida Hansson, luadora sueca a cada dia mais técnica, já valeria uma espiada, assim como as de Fernanda Mazzelli e Monica Vanessa. Mas eis que ainda nos surge a campeã mundial Michelle Nicolini, para abrilhantar o torneio. Na marrom, a presença da consistente Mackenzie Dern completa a festa.

5. Lisboa

A capital portuguesa é a maior diversão. Inspire-se nos pontos históricos de Lisboa, conheça os bons restaurantes, divirta-se com os locais e volte com ainda mais cultura deste pedaço de Brasil na Europa.

6. Você na TV

Com a exibição do campeonato no programa “Sensei Sportv”, maior canal de esportes do Brasil, a chance de você ver seu nome catapultado à fama no mundo do Jiu-Jitsu aumenta. Basta ir lá e fazer bonito.

7. Alexander Trans

O ex-promissor faixa-marrom faz enfim sua estreia de pano como faixa-preta. Conseguirá o rolo compressor dinamarquês manter o ritmo? ”Veremos”, disse o superpesado Trans ao repórter Junior Samurai. “Não quero fazer previsões de como vou me apresentar na faixa-preta. De qualquer modo, ganhei o Europeu, Pan, Brasileiro e Mundial, sem perder uma luta sequer na faixa-marrom. Então é hora de eu seguir em frente. Tenho confiança em meus professores, e se eles acham que estou pronto, é isso. Estou animado para lutar, treinei forte todos os dias, na Dinamarca e na Suécia, e as pessoas verão um lutador muito diferente da última vez que eu lutei, só posso dizer isso”.

8. O master

Mais uma vez, a divisão dos veteranos vem recheada de craques, como Eduardo Santoro, Rodrigo Munduruca, Antonio Canudo, Felipinho Costa, Janne-Pekka Pietilainen e tantos outros. Quem tiver o privilégio de ficar de olho neles, não apenas vai vibrar, como vai aprender demais.

9. O Jiu-Jitsu na Europa

É a chance de conferir como andam os trabalhos de professores consagrados na Europa, da GB de Braulio Estima à CheckMat supervisionada por Leozinho Vieira. Os alunos de Roger Gracie (na Inglaterra) e de Royce (na Itália) também querem mostrar seu valor. No ano passado, as escolas vencedoras foram: Alliance (adulto), CheckMat (feminino), CheckMat (masters & seniors), Icon JJ (estreantes) e Ilan Turjeman Academy (juvenil). Quem vai brilhar este ano no campeonato?

10. O Jiu-Jitsu global

Com uma penca de lutadores vindos do Bahrein ao Japão, da Hungria à Holanda, do Texas ao sertão da Paraíba, o caldeirão multicultural do Jiu-Jitsu está só esperando você para esquentar ainda mais. Misture-se e depois nos conte como foi.

Se você tiver outro motivo ainda melhor para ir ao Europeu, compartilhe com a gente, logo abaixo.

Compartilhe


10 respostas para “Os 10 maiores atrativos do Europeu de Jiu-Jitsu 2012”

  1. Vai transmitir em algum canto ao vivo?

  2. Lusparreira disse:

    Tô com Gabriel Goulart e não mudo!!!!Vai lá Gabriel!!!!!
    Luciana Parreira

  3. Jefferson_e_amorim disse:

    Só não sei por que o melhor lutador do Brasil,na sua categoria, não entrou como um dos principais nomes brasileiros nesse Europeu? Tarcísio Jardim, atual campeão brasileiro, entre outros titulos, tenho certeza que ele merece ser lembrado, vocês não acham?

  4. BTT15 disse:

    Ricardo, vc se queixa dos gastos como Português…mas e os atletas que viajam de fora (Brasil, EUA, Australia, etc) para competir? Não pagam mais? Eu acho que muitas vezes não é falta de dinheiro, mas sim prioridades erradas. Ou seja, o JJ para muitos Portugueses não é prioridade e no entanto têm sempre dinheiro para beber cerveja e jantar fora. Se poupassem esse dinheiro durante 1 ano, já teriam mais que o suficiente para competir no Europeu. Se querem o JJ profissional, não é de graça que isso vai acontecer.

    • Redvelo disse:

      Caro BTT15
      Agradeço o comentário, pois acaba por concordar comigo (os de fora nem se fala….). Olhe não comento costumes de ninguem, nem lhe fica bem referenciar prioridades que a seu ver se resumem a supostos hábitos gastronómicos… (não vamos entrar em redundâncias, por favor) NÂO lhe admito que opine sobre o que não sabe (ou julga saber).
      Passando ao problema em questão, e porque presido uma escola de artes marciais, apenas questionei e gostava de vêr discutido e solucionado (de uma forma séria) uma questão que nos preocupa a todos (falo dos meus atletas), é que devido às enormes dificuldades económicas e falta de patrocinios, não conseguimos participar neste campeonato.

      Pergunta: Existe alguma forma de controlar custos e diminuir os preços de inscrição neste tipo de competições internacionais?

      Nota: que me lembre não referi nem pretendo campeonatos de graça. Somos adeptos do custo justo.

      Com muito respeito
      RV

    • Pedro Oliveira disse:

      Comentário ignorante e ridículo… Não somos o espelho da sua cultura BTT15…

  5. [...] Os 10 maiores atrativos do Europeu de Jiu-Jitsu 2012 [...]

  6. Ricardoduran disse:

    No médio GABRIEL ROLLO irá surpreender…É aguardar pra ver…

  7. Cris Vieira disse:

    Rodolfo Vieira também vai estar lá!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  8. Clubedalutabrasil disse:

    Esse Tarcisío Jardim é um fanfarão,quem merece ser mencionado é o cara de sapato que tarcisio não quis lutar a final do brasileiro e fechou por que não aguentava nem fazer pegada

Deixe uma resposta


Tags Relacionadas

Notícias Vídeos