Eleições GRACIEMAG: quais foram os destaques de 2010?

Um certo campeão mundial aplica o armlock. Para não influenciar seu voto, mantivemos o mistério. Foto: Ray Santana.

A alta temporada do Jiu-Jitsu chega ao fim em 2010 com a arte suave num nível altíssimo, e diversos craques consagrados.

Nunca antes na história do esporte viu-se tantos campeões absolutos, de tantas equipes diferentes.

Empolgados com um ano promissor que se fecha, nós da equipe do GRACIEMAG.com convocamos os leitores, fãs, professores e os próprios atletas, sempre antenados no que há de melhor no mundo do esporte, para votarem nos maiores campeões de 2010.

Os comentários, claro, são livres, mas só serão computados os votos completos, ou seja, os que apontarem os vencedores nas sete categorias. São elas:

1) Melhor lutador de Jiu-Jitsu de 2010

2) Revelação do ano no Jiu-Jitsu

3) Destaque feminino na temporada

4) Melhor lutador de MMA

5) Melhor luta

6) Atleta mais consistente

7) Melhor lutador não faixa-preta

Os resultados saem depois do último UFC do ano, em dezembro, para você amadurecer seu voto.

Para relembrar como foi o ano, listamos os grandes vencedores dos absolutos dos principais torneios da temporada. Campeonatos com absoluto leve e absoluto pesado não foram listados abaixo.

Mundial: Roger Gracie (Gracie Barra)

Mundial Sem Kimono: Roberto Cyborg (The Avengers)

Miami Open: Roberto Cyborg (The Avengers)

Honolulu Open: Roberto Cyborg (The Avengers)

Pan: Bernardo Faria (Alliance)

Brasileiro: Bernardo Faria (Alliance)

Europeu: Guto Campos (Atos Ghetto)

Sul-Americano: Augusto Tanquinho (Soul Fighters)

Asiático: Marcos Souza (Bonsai)

Pan Sem Kimono: Pablo Popovitch (The Avengers)

Abu Dhabi World Pro: Claudio Calasans (Atos)

US Open: Marcel Fortuna (Ralph Gracie)

Brasileiro Sem Kimono: Victor Costa (CheckMat)

Rio Open: Rodolfo Vieira (GFTeam)

New York Open: Jonathan Torres (Lloyd Irvin)

Houston Open: Bruno Bastos (Nova União)

Las Vegas Open: Caio Terra (Cesar Gracie)

Americano: Caio Terra (Cesar Gracie)

Americano Sem Kimono: Gregor Gracie (Renzo Gracie)

Chicago Open: Rodrigo Comprido (Brasa)

Internacional de Masters: Rodrigo Munduruca (Gracie Humaitá)

Compartilhe



Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /srv/users/xdevs/apps/graciemag/public/pt/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273