5 dicas de Fellipe Andrew para uma guarda mais ofensiva no Jiu-Jitsu

Share it

Fellipe Andrew com a mão levantada após superar Kaynan Duarte. Foto: Reprodução/Copa Podio

Faixa-preta da equipe Zenith, o jovem Fellipe Andrew, de 23 anos, deu mais um passo para colocar o seu nome entre os maiores atletas do Jiu-Jitsu na atualidade. Depois de uma campanha firme no Mundial de Jiu-Jitsu, Fellipe entrou em ação na Copa Podio de Jiu-Jitsu, no evento que marcou o fim da 5ª temporada com o GP de Pesos Pesados. Após seis duras batalhas, o craque levou o troféu e o título de campeão.

No caminho, Fellipe colocou sua arisca guarda em ação e finalizou três lutas antes de encontrar o fenômeno da faixa-marrom e agora faixa-preta da Atos Kaynan Duarte. Em luta estudada, Fellipe conseguiu inverter por dois pontos, usou sua guarda para conter as investidas de Kaynan e garantir a vitória.

“O Kaynan é um cara muito duro que chegou na faixa preta já fazendo esse barulho”, analisou Fellipe.”Já lutei com ele algumas vezes ainda de faixa-roxa, e assim que saíram os nomes no sorteio eu já imaginava que faria final com ele. A estratégia foi fazer meu jogo e ir sentindo a luta. O formato em seis minutos e bem pouco tempo, então qualquer descuido pode te custar a vitória.

Para entender um pouco mais do jogo perigoso da fera, pedimos que Fellipe destacasse cinco características que todo bom guardeiro precisa ter para fazer da sua guarda uma armadilha ofensiva para o passador. Confira!

1. Tome sempre iniciativa. Nunca espere o adversário atacar primeiro, pois pode ser tarde demais.

2. Faça treinos específicos de finalizações partindo da guarda, a repetição leva à perfeição.

3. Tenha sempre variações de guarda para enfrentar adversários com características diferentes de passagem, com os joelhos no chão, de pé, ou como ele vier. Esteja pronto!

4. Saiba o momento certo de usar as finalizações e quando a melhor opção é pontuar. Não se afobe!

5. Sempre tenha as pegadas fortes e dominantes. Treine na academia para melhorar nesse fundamento.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *