UFC 223: Khabib Nurmagomedov fatura cinturão peso leve e Rose Namajunas defende título

Share it

O russo agora acumula 26 vitórias no MMA sem nunca ter perdido. Foto: Reprodução

Depois de uma semana complicada para o Ultimate, com os mais inimagináveis problemas para o card do UFC 223, mais uma vez a organização conseguiu entregar um verdadeiro show de MMA, exibido nesse sábado, dia 7 de abril ao vivo no Combate, direto do Brooklyn, Nova York.

Na luta principal, Khabib nurmagomedov reforçou seu favoritismo ao título peso leve do UFC e atropelou o valente Al Iaquinta, que aceitou encarar o indigesto russo um dia antes da peleja. O duelo foi marcado por quedas eficientes de Khabib, além de boa base na trocação com incansáveis jabs que castigaram Iaquinta durante os 25 minutos da disputa. Após os cinco assaltos de pleno domínio russo, tanto em pé quanto no solo, com volume muito maior de golpes e controle no solo, Khabib venceu os cinco assaltos com larga folga na pontuação unânime dos jurados.

Já na luta coprincipal, Rose Namajunas e Joana Jędrzejczyk voltaram a se encontrar no octógono do UFC para disputar o cinturão peso-palha, mas em situações diferentes desta vez. No primeiro encontro, no UFC 217, Joana era a temida campeã com cinco defesas de título. Rose, com o nome figurando entre os azarões do card, conseguiu chocar o mundo do MMA e nocautear Joana. Para a revanche, a história mudou.

Em duelo definido em cinco assaltos, Rose e Joana trocaram belos golpes na trocação, em duelo repleto de movimentação e volume de ataques. Sopapos de lá e de cá formaram um dos duelos mais animados deste ano de 2018. Mais uma vez superando as expectativas, Rose, como aposta para finalizar com o Jiu-Jitsu ou nocautear com sua esquerda precisa, acabou por digladiar com Joana por 25 minutos e convencer os jurados laterais, que declararam a manutenção do título para Rose Namajunas de forma unânime.

Outro destaque no card ficou para o brasileiro Renato Moicano. Forjado na equipe de Jiu-Jitsu e MMA Constrictor Team, de Brasília, Moicano se preparou na ATT e encarou Calvin Kattar. No duelo, mesmo exímio no solo, Moicano mostrou desenvoltura na trocação. Depois de um início fora de ritmo, Moicano engrenou e com chutes bem aplicados e venceu na decisão unânime dos jurados.

Confira abaixo os resultados do evento!

UFC 223
Brooklyn, Nova York, EUA
7 de baril de 2018

Khabib Nurmagomedov venceu Al Iaquinta na decisão unânime dos jurados
Rose Namajunas venceu Joanna Jedrzejczyk na decisão unânime dos jurados
Renato Moicano venceu Calvin Kattar na decisão unânime dos jurados
Zabit Magomedsharipov venceu Kyle Bochniak na decisão unânime dos jurados
Chris Gruetzemacher venceu Joe Lauzon por nocaute técnico ao fim do R2

Card preliminar

Karolina Kowalkiewicz venceu Felice Herrig na decisão dividida dos jurados
Olivier Aubin-Mercier venceu Evan Dunham por nocaute técnico aos 53s do R1
Ashlee Smith venceu Bec Rawlings na decisão unânime dos jurados
Devin Clark venceu Mike Rodriguez na decisão unânime dos jurados

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *