3 dicas essenciais de Roberto Godoi para gerenciar uma academia de Jiu-Jitsu

Share it

Professor Roberto Godoi à frente de sua equipe na graduação da G13BJJ. Foto: Divulgação

Na última edição de GRACIEMAG, causou sensação a entrevista do professor Roberto Godoi, onde o popular “Jason” recordou como sua academia passou de 30 praticantes no passado para uma rede de filiais que envolve milhares de alunos hoje em dia. Muitos leitores pediram mais dicas para gerir bem uma escola de Jiu-Jitsu, e Godoi nos mandou as mais importantes.

Confira e aprenda com quem soube chegar aonde chegou.

1. Ações de divulgação e marketing
Para o líder da escola G13BJJ, o professor precisa responder algumas perguntas para se certificar que está no caminho certo. Entre elas: “Seu bairro e região sabem da existência de sua academia? Conhecem o seu trabalho de excelência dentro do BJJ? Os potenciais novos alunos têm chegado a sua academia?” Portanto, o primeiro passo é entender como divulgar sua equipe para o público local.

2. Consultoria de vendas desde a porta
Toda academia bem sucedida investe consistentemente no treinamento do que antes era chamado de “recepção”; hoje, o caminho é transformar a antiga recepção num eficiente departamento de vendas. “Muitos alunos ficam na academia dependendo desse primeiro contato. Essa medida aumenta significativamente o número de matrículas e planos vendidos a seus clientes”, explica Godoi. “Nesse primeiro contato com o novo aluno, nossas consultoras devem estar treinadas e preparadas para entender que cada aluno novo é uma pessoa diferente entre si; e o principal, são pessoas com objetivos totalmente diferentes dentro do Jiu-Jitsu.”

3. Fidelização das turmas já existentes
Pouco adianta divulgar bem sua academia e atrair muitos novos alunos sem um bom trabalho para quem chega. “Procure responder estas perguntas: Como anda o treinamento e a motivação do quadro de profissionais de sua academia? E sua infra-estrutura, equipamentos e higiene das dependências no geral, são atrativas?”. O Jiu-Jitsu já exige esforço e dedicação em cima do tatame, ofereça conforto fora dele.

Para conferir mais dicas de Roberto Godoi e de outros aclamados professores e mestres do Jiu-Jitsu, assine a GRACIEMAG!

 

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. herbeth at 12:37 pm

    o professor rodrigo é quem dá pra nos no projeto social polo que é como se fosse uma academia paga só é sábado ele vai ver se da semana mas durante a aula você que mostrar pro professor o trabalhador que chama você de neguinho veado escondido pra ninguém ver quando você vai perguntar se ele gatão chamou você de neguinho veado ele desconversa fiquei um ano com a viatura da policia quase passando em cima dos meus pes a família do trabalhador que chama você de neguinho com pena dele por que é bonito chamar outro de neguinho veado fica ali do lado do parque Nabuco é só o que eu acho errado ninguém ver uma pessoa que trabalha dessa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *