Paulo Miyao, Ana Carolina Vieira, Isaque Bahiense e mais campeões no Abu Dhabi Grand Slam de Jiu-Jitsu em Londres

Share it

Isaque Bahiense ataca o pé de Negromonte e garante o título. Foto: Ane Nunes/Gentle Art Media

O último dia do Abu Dhabi Grand Slam de Jiu-Jitsu em Londres, realizado no último domingo, dia 11 de março, proporcionou os fãs do Jiu-Jitsu um fechamento com chave de ouro para uma gloriosa temporada 2017/2018. O adulto faixa-preta, bem como a divisão feminina marrom e preta, trouxeram ao público presente emocionantes duelos pelo ouro. Confira abaixo como foram as finais do torneio:

Masculino Faixa-Preta

56kg – No sábado, José Carlos Lima, mais uma vez, terminou a divisão no topo. José fez duas lutas, primeiro venceu João Kuraoka por 4 a 2 nos pontos em luta complicada, e depois conseguiu marcar 2 a 0 sobre Andrea Verdemare para levar a medalha de ouro para casa. É o quarto título de José em cinco eventos do Grand Slam nesta temporada.

62kg – Hiago George trabalhou duro em seu jogo por cima para pressionar Wanki Chae e, eventualmente, obter a passagem e os 3 a 0 no placar para garantir outra medalha de ouro na temporada.

69kg – Paulo Miyao conquistou o título após pegar as costas de Victor Otoniel e chegar no estrangulamento que garantiu a medalha de ouro.

77kg – Jaime Canuto teve que trabalhar duro para ficar com a medalha de ouro. Depois de aplicar um armlock, que Marcos Paulo Costa defendeu por mais de três minutos, Canuto somou a vantagem que valeria o título por 1 a 0.

85kg – Em uma revanche da final da divisão no Grand Slam em Abu Dhabi, há dois meses, Isaque Bahiense partiu direto para a finalização contra Charles Negromonte. Com uma chave de pé, ele terminou a luta antes da metade do tempo regulamentar, e garantiu a merecida medalha de ouro.

94kg – Em luta acalorada, o valente Paulo Pinto patiu acelerado contra Jackson Sousa, que havia conseguido marcar 2 a 0 logo no início. Contudo, no caminhar da luta, Jackson chegou no controle lateral e deixar o relógio correr para garantir sua medalha de ouro.

110 kg – Thiago Sá e Gerard Labinski brigaram por raspagens durante os seis minutos de luta, e somaram um empate de 4 a 4 nos pontos com uma vantagem para cada lado. Os árbitros, então, marcaram por unanimidade a vitória de Thiago Sá.

Feminino Marrom/Preta

49kg – Em luta única no sábado, Arantazazu Romero conquistou a medalha de ouro com vitória na decisão sobre Serena Gabrielli.

55kg – Amal Amjahid, da Bélgica, impôs seu jogo sobre Rose El Sharouni, da Holanda, para construir o placar de 15 a 0 e, finalmente, terminar a pegando no arco e flecha.

62kg – Em uma partida que vai ficar na memória dos fãs, Charlotte Von Baumgarten e Larissa Paes deram um show na final. Larissa começou mais forte, raspando e passando a guarda para marcar cinco pontos. Charlotte lutou duro para raspar de volta e, no final, pegar as costas para virar o placar para 6 a 5 ao seu favor. Larissa foi corajosa em não bater no arco e flecha, mas não pode evitar a derrota.

70kg – Ana Carolina Vieira entrou como favorita e confirmou a escolha na final. Em uma luta rápida, ela puxou para a guarda e aplicou armlock que deixou Thamara Ferreira sem outra opção a não ser bater.

90kg – Lutando em casa, a britânica Arizona Brodie pressionou a brasileira Laila Carneiro para marcar 9 a 0 no placar e garantir a medalha de ouro.

Por equipes, a Checkmat levou a melhor, com 9920 pontos, seguida pela Roger Gracie Academy, com 5940 pontos, e em terceiro a Al Wahda Jiu-Jitsu Club, com 4100 pontos.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *