Gutemberg Pereira e o plano para surpreender Lo no absoluto do Pan 2018

Share it

Gutemberg venceu Mahamed, Andrew e Langaker para chegar na final contra Lo. Foto: Blanca Marisa Garcia

O sábado de Pan-Americano de Jiu-Jitsu foi eletrizante. O público presente no Bren Center, no dia 10 de março, pode presenciar as maiores potências do Jiu-Jitsu mundial em ação na busca do ouro absoluto faixa-preta do torneio, e as faíscas voaram por toda a parte.

De um lado da chave, o favorito Leandro Lo enfileirou nomes como Keenan Cornelius, John Combs e Aaron Johnson. Do outro lado, porém, um azarão com pique de campeão mostrou seu valor e garantiu a vaga na final, que deve rolar por volta das 22h deste domingo, ao vivo no Flograppling.com .

Gutemberg Pereira, 24 anos de idade e nove meses de faixa-preta, conquistou seu lugar na final do peso aberto após superar três lutas indigestas para qualquer veterano.

Na luta de abertura, o atleta da GFTeam bateu Mahamed Aly (Lloyd Irvin) por 3 a 2 nas vantagens. Em seguida, Gutemberg finalizou Felipe Andrew (Zenith) no mata-leão no pé, e na semifinal pegou Tommy Langaker (Kimura JJ) no estrangulamento pelas costas, finalização que assinou sua ida para final contra Lo.

“Quando peguei as costas, eu botei o estrangulamento e queria ter certeza que não iria perder”, disse Gutemberg ao lembrar da última luta de sábado. “E depois que ele bateu eu comecei a rir, uma felicidade sem medida.

Fiquei fora dos campeonatos por seis meses, pois estava lesionado nos dois joelhos. Voltei a treinar forte, meus amigos foram treinar comigo na GFTeam Toledo, e ter este resultado me fez rir após finalizar pois naquele momento percebi que estava de volta.”

Já para a final contra o imprevisível Leandro Lo, Gutemberg levará consigo também uma boa dose da mesma imprevisibilidade. Para o super pesado da GFTeam, entrar sem estratégia traçada lhe abre um maior leque de opções para conquistar seu primeiro grande título na faixa-preta.

“Eu quero é sair na porrada. Estou treinando wrestling há um bom tempo, morei em Ohio e o wrestling lá é muito forte. O Leandro gosta de trocar quedas, então vai ser para frente. Não chego com tática ou estratégia para esta. Estou feliz demais de lutar com ele, que tem um jogo admirável no Jiu-Jitsu. Vai ser um prazer lutar com o Leandro.”

E para você, amigo leitor, quem leva o ouro absoluto no domingo: A experiência de Leandro Lo, ou a pujança e a garra de Gutemberg Pereira? Comente conosco!

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *