Renzo Gracie, Ryan Gracie, Jorge Macaco e os “valores da inimizade”

Share it

Os irmãos Ryan e Renzo Gracie. Foto: Arquivos GRACIEMAG

Arte inclusiva em muitos aspectos, o Jiu-Jitsu além de aprimorar a mente e o corpo dos seus praticantes, ajuda também aqueles mais introvertidos a conhecer pessoas novas, fortalecer laços e cultivar grandes amizades. Renzo Gracie, famoso por seu alto astral e conhecimento vasto da arte suave, tem amigos a perder as contas, mas para o sábio professor, um fiel inimigo pode ter grande valia no crescimento do praticante, nos tatames e na vida.

Para Renzo, não há motivação maior do que um grande rival para que você se torne cada vez melhor, sem conforto, pronto para encarar as adversidades assim que elas aparecerem. Como exemplo disto, o professor citou a rivalidade entre o irmão Ryan Gracie e Jorge Patino Macaco.

“Um inimigo de verdade, o inimigo mais leal que o meu irmão Ryan Gracie teve se chama Jorge Patino Macaco”, disse Renzo ao blogueiro Olivar Leite. O áudio da conversa do professor viralizou esta semana. “Brigaram várias vezes, onde se viam se pegavam. Ele foi o motivo pelo qual o Ryan se manteve treinado. Se o Ryan foi o que foi, o Macaco ajudou muito. Ele tinha que estar afiado e é isso que o te faz grande. Eu queria ter mais gente assim na minha vida.”

Mesmo com toda a rivalidade entre ele, Renzo falou também do respeito que um teve com o outro, em especial por parte de Macaco após o falecimento de Ryan, em 2007.

“Você já ouviu o Macaco falar mal dele? Já ouviu ele botar o Ryan para baixo depois dele ter falecido ou contar vantagem? Mas isso porque ele pertence ao Jiu-Jitsu, é da bandeira do Jiu-Jitsu. As pessoas as vezes estranham o carinho que eu tenho com o Macaco. Eu agradeço a ele.”

Outro exemplo de respeito e admiração pelo inimigo é dado com um exemplo do próprio Renzo com uma antiga professora, que não via um futuro brilhante para o aluno. O espirituoso professor teve um jeito peculiar de provar o contrário, desafiando as previsões da professora, mas sem desgostar da mesma.

“Eu ajudo até hoje uma professor que dizia que a luta me levaria para a prisão ou para o cemitério. Até hoje, quando eu escrevo um livro eu mando para ela uma cópia e um cartão: ‘Assim que teu livro for escrito, por favor, me manda uma cópia.’ Podem achar que é maldade minha, mas ela certa vez precisou operar o joelho e eu mandei, por um amigo, o dinheiro para ela realizar a cirurgia. Quero que ela continue pensando mal de mim. Eu preciso de inimigos, de amigos eu estou cheio!”

E você, amigo leitor, tem um rival que sempre traz o melhor de você? Comente conosco!

Ler matéria completa Read more
There are 13 comments for this article
  1. Sandro at 7:23 pm

    Não há como negar, o Renzo é um cara muito, MUITO diferenciado, essa linha de pensamento dele o faz grande, teve inúmeros desafetos com o Wallid, a turma da luta livre e passado alguns anos os caras se falam e acima de tudo se respeitam, sou fã desse cara.

  2. Felipe Amorim. at 8:26 pm

    Faltou citar a fonte dessas revelações, essa primorosa entrevista se deu no canal MMA Debate. Mestre Renzo deu uma entrevista maravilhosa ao canal. Foi postar ao ar hoje.

  3. Lucas at 1:57 pm

    O Renzo é uma figura, um grande lutador. Porém, mandou mal ao enviar o livro para a professora com um cartão dizendo que espera o envio do livro dela. Qual a razão disto? Mostra que guardou muita mágoa. Repreende o sábio, e ele te amará. Provérbios 9:8
    Nobre pagar a operação, mas para que tornar publico ?!!! Menos, campeão !!

  4. Brown at 2:16 pm

    Não duvido que Renzo seja boa pessoa, mas como toda pessoa de sucesso não sabe lidar com críticas. Vi uma entrevista dele onde ele conta que trombou com o Romário (ou outro jogador famoso) e estendeu a mao para cumprimenta lo…e foi ignorado. Ele insistiu, e afirmou que se nao fosse cumprimentado a próxima mão seria na cara do jogador. Apesar da generosidade e do discurso da matéria vejo uma pessoa com problemas em lidar com críticas.

  5. CROMADO RJ PORRADA at 5:24 pm

    Renzo as vezes não fala coisa com coisa, como da vez que inventou uma conversa fiada sobre prender dois ladrões em NY. Macaco deu surras em Ryan bem como apanhou muito tb. Certa vez metralharam a casa do Ryan em SP numa época em que as brigas eram marca registrada entre as academias de SP.
    Ryan fez mal ao esporte, nunca foi atleta, sempre esteve na orla dos marginais. Era mimado e protegido por um monte de pessoas que achavam bacana o jeito dele de fazer covardia com as pessoas, sobretudo os leigos.
    O Renzo, de quem todos tem boa opinião, está acometido pela idade… além de apoiar Bolsonaro ainda considera inimizades capitais, que beiram o crime, como virtude!

    • Lucas at 7:27 am

      Perfeito a sua análise. Porém, sejamos justos, dos Gracie na ativa (sim, ele tá na ativa) eh o q ainda põem a cara a prova. Na graciemagazine deste mês tem uma matéria sobre ele bem interessante. Eu fiz algumas críticas mas o admiro muito quando ele não fala merda.

    • rafael at 10:54 am

      Verdade seja dita… Sim porrada comeu a solta. Macaco bateu , apanhou , tentaram voltar a ser amigo, depois alunos do Ryan apanharam do macaco, depois pediram desculpas ..

      Lembro desta epoca e foi sinistra, eu era faixa azul de uma filial macaco na regiao do tatuape-zl e historias tinham quase sempre dos dois…

      A familia nao tem culpa se Ryan era bom ou ruim como pessoa, afinal nao podemos responder pelos atos de outros nao é mesmo?

      Respeito! O resto é resto.

    • Pedro at 1:34 pm

      Vc tem razão, Ryan é endeusado porém era um animal. Um amigo meu, uma vez na Barra, junto com a filhinha de 5 anos no carro se envolveu em uma “fechada” no trânsito com o Ryan, este último em uma BMW. Enfim, escutou absurdos do famoso lutador, aguentou dedo na cara e tudo….engoliu seco e foi embora para casa, filha chorando…Well, atitude típica de um grande “lutador”, fala sério!!
      Bom, esperar o que, que falem mal dele??? A revista tem o nome da família!!! Mas enfim, nao precisava ter tanto puxa saco assim.

  6. Frederico Heringer at 11:33 am

    Vai dar um treino com ele, pra ver se tá acometido pela idade, kkkkkkkkk…
    tú na dura 20 segundos na mão dele, kkkkk…

  7. Marcelo at 1:47 pm

    Bando de pela saco!!!! vai vestir um kimono e botar a cara a tapa, falar ate papagaio fala, Cambada de recalcado.
    Vcs quando tiverem com 50 anos como o mestre Renzo, vão estar é cagando nas calças e aposentados.
    Pronto, falei!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *