Machucou? Conheça o cardápio ideal para o lutador de Jiu-Jitsu contundido

Share it
Bacalhau também faz parte da Dieta Gracie. Foto: Divulgação

Bacalhau também faz parte da Dieta Gracie. Foto: Divulgação

Nada mais normal na vida de um lutador do que sentir ocasionalmente aquele incômodo muscular. A dor, como disse um sábio bem-humorado, pode realmente ser a fraqueza saindo do corpo.

Seja como for, com lesões não se brinca. Um tempinho atrás, a edição #196 de GRACIEMAG publicou um artigo útil para o atleta dolorido voltar aos treinos embalado, a partir de um cardápio inteligente.

“Você sabe por que seus músculos ficam latejando após um campeonato ou sessão árdua de treinos? Esqueça mitos como o ácido lático ou falta de malhação. O incômodo é normal, e faz parte de um processo natural de inflamação do corpo humano, uma resposta ao esforço físico em excesso”, começava o artigo, incentivando o praticante de Jiu-Jitsu a não ir à farmácia, mas ao supermercado mais próximo.

O segredo dos grandes campeões, de fato, é adotar um cardápio rico em alimentos com propriedades antiinflamatórias. Primeiro passo: cortar tudo que atrasa sua recuperação.

A ciência hoje concorda com a Dieta Gracie que um organismo saudável precisa ao máximo evitar a acidez – leia-se, reduzir ao máximo ou cortar refrigerantes, corantes, doces, farinhas, fritura, manteiga e outras gorduras. Eliminada ou reduzida a presença desses seus “adversários” na geladeira, basta contar com os alimentos aliados.

Alguns dos principais antiinflamatórios naturais são: alga, óleo de fígado de bacalhau, raiz de gengibre, alho, salmão, atum e cebola. Outros alimentos úteis para desinflamar: amêndoa, bacalhau, abacate, castanha-do-pará, cenoura, abóbora, uva, feijão e soja.

Curtiu? Quer receber mais dicas sobre alimentação e Jiu-Jitsu todo mês? Corra às bancas ou assine a sua revista favorita, aqui.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. Macarius Gallius at 10:56 pm

    muito oportuna a reportagem, mas como leitor antigo da Gracie Magazine, sinto saudades da Coluna da Jack, e espero que a revista resgate a coluna sobre fisioterapia na prevenção e cuidado de lesões, um assunto mais que necessário na revista. vamos olhar isso com carinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *