Resultados ADCC 2017: semifinais definidas com zebras; André Galvão vence superluta

Share it

André Galvão entrar para a história como primeiro atleta a vencer três superlutas seguidas no ADCC. Foto: Erin Herle/GRACIEMAG

O primeiro dia do ADCC 2017, realizado na cidade de Espoo, no estado de Helsinque, na Finlândia, quebrou várias expectativas dos fãs de Jiu-Jitsu em todo mundo. Neste sábado, dia 23 de setembro, foram definidos os semifinalistas de todas as categorias, no masculino e feminino, além de trazer a aguardada superluta entre André Galvão e Cláudio Calasans, velhos parceiros de treinos na Atos.

Na última luta do dia de abertura, os amigos de infância Galvão e Calasans não mediram esforços para conquistar o título da superluta. O começo foi marcado pelo equilíbrio e tentativas de queda de Calasans com técnicas de judô, enquanto Galvão buscava tirar a base do oponente com a mão no pescoço e ataques nas pernas. Em uma tentativa no single-leg, André levou Calasans ao solo, e este atacou na chave de ombro, bem defendida por Galvão.

Ao fim dos primeiros dez minutos, que marcavam o início da contagem de pontos, Galvão derrubou mais uma vez no single-leg, atacou pelas costas e acumulou 12 pontos na troca de ganchos, uma peculiaridade das regras do ADCC. Sem conseguir finalizar pelas costas, Galvão montou, tentou o kata-gatame e Calasans, duro na queda, resistiu ao golpe.

Mesmo com 14 a 0 no placar, Galvão continuou a acelerar o combate, até o fim dos 20 minutos que marcaram a terceira vitória seguida de André Galvão em superlutas do ADCC – ele vencera Bráulio Estima nas costas em 2013 e Roberto Cyborg em 2015.

Zebra rouba a cena no grupo da morte e favoritos também avançam

Nas divisões de peso deste ADCC 2017, fortes duelos foram apresentados nos três tatames montados na Espoo Arena. Nomes famosos do cenário e jovens talentos dividiram espaço na busca pela vaga nas semifinais. Entre as zebras, destaque para Craig Jones. Em sua primeira luta, Jones finalizou Leandro Lo, que figurava entre os favoritos ao título, com um justo mata-leão. Em seguida, aplicou um belo triângulo voador no experiente Murilo Santana, e assim garantiu sua vaga na semifinal contra Keenan Cornelius, que despachou a revelação Kaynan Casemiro.

Outros destaques foram Pablo Mantovani, que mordeu a vaga no segundo após bater Augusto “Tanquinho” Mendes na decisão, e Elvira Karppinen, que superou a atual campeã até 60kg Mackenzie Dern por 4 a 2, ao raspar duas vezes e resistir ao famigerado mata-leão da omoplata de Mackenzie no fim do combate.

Entre os favoritos, avançaram nomes como Marcus Buchecha, com duas finalizações anotadas; Rubens Cobrinha, Paulo Miyao, Xande Ribeiro, Yuri Simões, Felipe Preguiça e Lucas Lepri. No feminino, Gabi Garcia, Bia Mesquita e Talita Treta também seguem vivíssimas.

Veja abaixo os resultados que definiram os semifinalistas de amanhã no ADCC 2017 e fique ligado no GRACIEMAG.com para mais detalhes do torneio na Finlândia!

66kg

Rubens Cobrinha finalizou Kuba Witkowski no armlock
Paulo Miyao venceu Geo Martinez por 8 a 2 nos pontos
Pablo Mantovani venceu Augusto Tanquinho Mendes na decisão
AJ Agazarm venceu Ethan Crelinsten por 2 a 0 nos pontos

77kg

Vagner Rocha venceu DJ Jackson por 1 a 0 nas punições
Lucas Lepri venceu Mansher Khera por 1 a 0 nas punições
JT Torres venceu Celsinho Venicius na decisão
Garry Tonon venceu Marcelo Lapela por 4 a 2 nos pontos

88kg

Keenan Cornelius finalizou Kaynan Casemiro na chave de calcanhar
Craig Jones finalizou Murilo Santana no triângulo voador
Gordon Ryan finalizou Romulo Barral no mata-leão
Xande Ribeiro finalizou Rustan Chsiev no armlock

99kg

Felipe Preguiça venceu Abdurakhman Bilarov por 5 a 0 nos pontos
Rafael Lovato venceu Mahamed Aly por 3 a 0 nos pontos
Yuri Simões venceu Mike Perez na decisão
Jackson Sousa venceu João Assis na decisão

+99kg

Orlando Sanchez venceu Tom DeBlass na decisão
Jared Dopp venceu Vinny Magalhães por 3 a 0 nos pontos
Marcus Buchecha finalizou Tim Spriggs no mata-leão
Roberto Cyborg venceu Victor Honório na decisão

60kg

Elvira Karppinen venceu Mackenzie Dern por 4 a 2 nos pontos
Bia Basílio venceu Talita Alencar na decisão
Michelle Nicolini venceu Rikako Yuasa na decisão
Bia Mesquita finalizou Ffion Davies no armlock

+60kg

Gabi Garcia finalizou Amanda Santana na chave de pé
Jéssica Flowers finalizou Marysia Malyjasiak no armlock
Talita Treta venceu Venla Luukkonen por 2 a 0 nos pontos
Samantha Cook venceu Tara White por 3 a 0 nos pontos

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *