Quem é o melhor faixa-marrom de Jiu-Jitsu do mundo hoje? Copa Podio quer descobrir

Share it

Leandro Lo e Felipe Preguia, ainda na marrom, em duelo na primeira temporada. Foto: Divulgação

Desde a sua primeira temporada, uma das características da Copa Podio tem sido revelar grandes nomes da faixa-marrom. Atletas como Felipe Preguiça, João Gabriel, Keenan Cornelius, Travis Stevens, Victor Honório, Espen Mathiesen e muitos outros fizeram bonito no evento e aterrorizaram os faixas-pretas da competição.

No entanto, apesar de grandes nomes da faixa-marrom terem passado pelo evento, ainda não houve nenhum campeão dessa graduação. Travis Stevens e Nicholas Meregali chegaram entre os quatro semi-finalistas, enquanto Victor Honório, Espen Mathiesen e Fellipe Andrew, este no último evento, chegaram bem perto da conquista do trono mas ficaram com a segunda colocação.

“No último evento, com a divisão dos grupos inspirada nas cores das águas dos rios, havia cinco faixas-marrons no grupo do Rio Solimões e as chances de vermos um faixa-marrom campeão eram de 50%. Como isso não aconteceu, resolvemos retornar ao padrão de somente duas vagas para lutadores dessa graduação”, explica Jeferson Maycá, presidente do evento.

O pernambucano Fellipe Andrew da Zenith, com a conquista do vice-campeonato no último GP dos Médios, foi convidado para assumir a primeira vaga do GP dos Pesados, mas a grande novidade fica por conta da seleção que será lançada nos próximos dias para definir quem ficará com a segunda vaga.

Os cascas-grossas Victor Hugo (Ribeiro JJ), Fabio Alano “Kamikase (Alliance RS), Kayan Duarte (Atos) e Fellipe Trovo (Ushirobira JJ) são os primeiros escalados para o desafio que será realizado em etapas com um formato diferente: os lutadores irão lutando entre si, até que um deles conquiste três vitórias, conforme explica Maycá.

“Ainda estamos estudando a viabilidade de realizar seletivas em outros lugares também”, diz Maycá. “Se isso ocorrer haverá um cruzamento entre o faixa-marrom que venceu no Brasil com o que venceu nos Estados Unidos por exemplo. Caso contrário o primeiro que vencer três lutas aqui no Brasil, fica com a vaga do GP dos Pesados. Estamos prevendo o início dos combates para a segunda quinzena de outubro quando todos os participantes estarão no Brasil, mas ainda não temos uma data exata. As disputas no Brasil e nos Estados Unidos devem ocorrer simultaneamente e os campeões de lá e daqui se enfrentam pra ver quem fica com a vaga.”

Com relação à data do GP dos Pesados, prevista inicialmente para 24 de novembro, a organização informou que será transferida para dezembro ou janeiro para que tanto a seletiva de faixa-marrom, quanto a escolha do adversário de Cole Abate, o “menino de gelo”, sejam feitas a tempo.

Ler matéria completa Read more
There are 9 comments for this article
  1. Luiza at 11:39 am

    Vocês esqueceram de citar que além de Meregali e Stevens, Gustavo Batista também chegou entre os Semi finalistas e ficou em terceiro lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *