Campeão do Chicago Open, Lucas Hulk dá dicas para você evoluir no Jiu-Jitsu

Share it

Lucas Hulk brilhou no Chicago Open. Foto: IBJJF

Faixa-preta da Atos, Lucas “Hulk” Barbosa conquistou mais uma medalha de ouro para o currículo, desta vez no Chicago Open da IBJJF, realizado no último fim de semana em Illinois. Na disputa pelo título dos meio-pesados, Hulk venceu Matthew Leighton (Bonsai JJ) nos pontos, ao utilizar sua pressão nas passagens de guarda.

Lucas, que venceu o mesmo torneio no ano passado e é bicampeão mundial sem kimono da IBJJF, listou com exclusividade para GRACIEMAG cinco dicas para você evoluir no Jiu-Jitsu. Leia, absorva e vá treinar!

  1. Pense positivo  

A adrenalina faz parte de qualquer desafio e a maioria dos atletas sentem isso. O que ajuda nesse processo é pensar em coisas positivas o tempo todo. Quando estamos nesse momento de adrenalina, pouco antes de entrarmos para lutar ou realizar algum desafio, os sentimentos de duvidas podem surgir, o que é bem normal. Mas, antes de tudo, devemos vigiar no que pensamos. É um erro pensar, antes de lutar, que o seu adversário vai te vencer porque vem de bons resultados. Foque apenas em você mesmo!

  1. Não escolha o treino

Se desafie todos os dias nos treinos, não importa o quão cansado você esteja. Se o seu amigo de treino tem uma guarda boa, tente passar. Se ele passa bem, utilize a sua guarda nos treinos. Não escolha treino fácil, faça sempre o treino que é mais desafiador para você.

  1. Seja observador

É normal vermos atletas desatentos quando estão fora do treino, apenas descansando, e que não aproveitam esse espaço de tempo para estudar. É neste momento que você pode estudar e melhorar seu Jiu-Jitsu. Aproveite para observar como seu professor aplica os movimentos avançados e defende os ataques com maestria. Descanse, mas preste atenção no que acontece ao seu redor.

  1. Beba bastante água

Beber água é muito importante para nós, atletas. Evita câimbras, lesões e por vezes é muito melhor do que qualquer isotônico.  Hidrate-se sempre, campeão.

  1. A derrota pode ser uma ponte para a evolução

A derrota não é um sentimento bom, mas é parte do processo da evolução do lutador. A derrota no Jiu-Jitsu expõe as brechas que precisam ser corrigidas para que você atue com menos erros num próximo duelo. A partir da derrota é bom que você movimente-se rápido: vá para a academia no próximo dia e treine os erros cometidos. Treine e treine. Se você faz dez drills no fim do treino, passe a fazer 20. Sempre que puder faça mais um treino, mesmo que esteja cansado.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *