Gegard Mousasi no Bellator; o que há com o UFC, amigo leitor?

Share it

Mousasi não gostou da oferta do UFC e partiu para o Bellator. Foto: Zuffa LLC via Getty Images

Quarto colocado no ranking peso médio do UFC com cinco vitórias seguidas na organização, Gegard Mousasi confirmou seu descontentamento com o Ultimate e revelou que está de partida para o seu maior rival, o Bellator.

Depois de dividir em coletivas e nas redes sociais o quão desapontado estava com o evento comandado por Dana White, Mousasi chega ao Bellator em contrato de cinco lutas, com intenção de atuar tanto nos peso médio quanto nos meio-pesados.

Mousasi vem de vitória expressiva sobre o ex-campeão Chris Weidman, com sucessos também sobre Vitor Belfort, Thiago Marreta, Thales Leites e Uriah Hall.

Ex-campeão do Strikeforce e do Dream, com atuações também no Pride, Mousasi se junta a leva de atletas do UFC que deixaram a organização para atuar no rival, como Rory McDonald, Ryan Bader, Phil Davis, Lorenz Larking, Michael McDonald, Wanderlei Silva, Chael Sonnen e outros.

E para você, amigo leitor, Mousasi fez a decisão certa ao deixar o UFC e ir para o Bellator? Comente conosco!

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Eduardo at 4:49 pm

    O que há com o UFC? Primeiro que ninguém sabe quem é o próximo desafiante, não existe um ranking claro ou chaveamento. O cara vai e vem por todas as categorias quanto quer. Depois tem esse negócio dos uniformes. Além de ser a coisa mais imbecil do mundo ainda tira boa parte dos ganhos gerados por apoiadores dos lutadores, não pra luta, mas pro dia a dia do profissional fora da organização. Ainda tem a quantidade absurda de eventos o que gera milhares de lutas desinteressantes. E por último, mas não menos importante, a falta de uma categoria absoluto. Se fosse criado um absoluto por adesão voluntária dos lutadores, só os mais louco e/ou mais bem preparados estariam lá. Seria a volta dos grandes eventos.

  2. Gabriel Figuis at 4:50 pm

    O Ufc já teve seus momentos de glória, hoje em dia perdeu aquela essência, algo muito além de luta, aquela paixão que os lutadores tinham pelo esporte, que se notava assim que os mesmos entravam no octógono, pessoas da própria organização deixaram se levar por dinheiro, as lutas aparentam já estar ganhas, como se o resultado já fosse acertado, os lutadores perderam aquele olhar do “TIGRE” (QUEM ASSISTIU ROCKY BALBOA SABE), os atletas caíram no maior erro que poderia acontecer, deixaram se ser civilizados e comprados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *