Mundial 2017: Buchecha vence Leandro Lo e Tayane bate Nathiely

Share it

Marcus Buchecha alcançou, mais uma vez, o topo do mundo no Jiu-Jitsu. Foto: Beatriz Lina/GRACIEMAG

Fim de papo em Long Beach, na Califórnia. Após quatro dias de ação, com o que há de melhor na arte suave no planeta, a 22° edição do Mundial de Jiu-Jitsu da IBJJF, realizada em 2017, chegou ao fim no domingo, 4 de junho, com a cereja do bolo: as finais de peso e absoluto entre os faixas-pretas.

GRACIEMAG acompanhou todos os detalhes do torneio, que coroou Marcus Buchecha (Checkmat) e Tayane Porfírio (Alliance) como os maiores campeões do dia, na conquista de peso e absoluto em suas respectivas categorias, além da primeira vitória da Atos Jiu-Jitsu na pontuação por equipes, desbancando a muitas vezes vencedora Alliance, que ficou em segundo lugar no adulto masculino. A Alliance venceu na disputa do feminino.

A final do absoluto: Buchecha x Lo para a história

Uma pergunta que ficou no ar na Pirâmide: teria sido o pior Mundial de Leandro Lo, ou o melhor Mundial de Leandro Lo?

Sim, pois o craque da Ns Brotherhood, pela primeira vez em anos, voltou sem uma medalha de ouro. Pensando assim, talvez tenha sido um Mundial abaixo da expectativa para o paulista. Ao mesmo tempo, pode bem ter sido o melhor de sua carreira, afinal Lo foi pela primeira para a final do absoluto faixa-preta, e num lutaço, por pouco não conseguiu concretizar a queda em cima de Marcus Buchecha e vencer a final do absoluto, no último lance do duelo.

Tudo começou com Lo puxando para a guarda. Buchecha impunha muita pressão, até que a luta se embolou e ambos caíram na guarda 50/50. Leandro abriu a contagem em 2 a 0, ao subir depois de sem embolar com o grandalhão na 50/50. Buchecha, por sua vez, devolveu a raspagem em outro lance que levantou a galera. O duelo só foi decidido na pontuação porque Lo, para se desvencilhar de uma pegada quase fatal de Buchecha, saiu escorregando para fora da área de luta, e levou uma punição. No fim das contas, a guerra final foi eletrizante até os últimos segundos, e venceu o melhor. Buchecha agora é cinco vezes campeão mundial absoluto, com dez títulos no total, igualando os dez ouros de Roger Gracie (três absolutos e sete no peso). Mais uma marca para o imbatível Buchecha.

Meregali e a nova geração do Jiu-Jitsu

No peso pesadíssimo, Marcus Buchecha brilhou novamente. Venceu Igor Tigrão, estrangulou um perigosíssimo João Gabriel Rocha e goleou Gustavo Dias. Já Lo, muito focado no absoluto, talvez não tenha sido tão brilhante no peso. Já havia vencido Matheus Diniz na decisão dos árbitros, em luta muito parelha neste domingo, e na final acabou caindo na armadilha traçada pela excelente guarda de Nicholas Meregali. O aluno de Mário Reis na Alliance em Porto Alegre começou a luta puxando para a guarda De la Riva e acabou invertendo Lo. Leandro ainda tentou raspar de volta duas vezes, variou para as costas, mas Nicholas se equilibrou como pôde e arrancou a vitória sobre o sobrenatural Lo.

Tayane, a nova rainha da Alliance

Tayane conseguiu o ouro no peso e no absoluto em seu primeiro ano de faixa-preta no Mundial. Foto: Beatriz Lina

Curioso o domínio da equipe de Romero Jacaré e Fabio Gurgel no feminino. Antes era Gabi Garcia. Depois, Dominyka, a loura treinada por Marcelo Garcia. Agora, no absoluto feminino, o domínio é de Tayane Porfírio, aluna de Alexandre Paiva na Alliance carioca.

Após ganhar peso e absoluto em todos os grandes torneios do Grand Slam, Tay queria completar o feito na Pirâmide do Mundial. E fez bonito: na final do superpesado, deu uma chave de joelho na finlandesa Venla. No absoluto, começou tentando achar um caminho para passar a guarda da duríssima Nathiely Jesus, sua velha conhecida desde a faixa-roxa.

Tayane custou a domar a guarda da aluna de Cicero Costha, mas enfim montou e pegou Nathi numa chave americana, e assim ganhou seu primeiro título absoluto na faixa-preta.

Tayane foi mais uma representante da nova safra do Jiu-Jitsu a chegar ao pódio mais desejado da modalidade. Basta ver que, no masculino faixa-preta, a nova safra dividiu passo a passo o terreno com os veteranos. Tivemos entre os campeões alguns velhos conhecidos dos fãs, como Bruno Malfacine, Rubens Cobrinha, Lucas Lepri, André Galvão e o já citado Buchecha; Entre as novidades, Michael Musumeci, que superou João Miyao, Gabriel Arges e Nicholas Meregali. Mikey Musumeci, por sinal, com o feito sagrou-se o terceiro lutador não-brasileiro a ser campeão mundial na faixa-preta. Antes dele, BJ Penn em 2000 e Rafael Lovato em 2007 haviam conquistado tal façanha. (Robert Drysdale e João Roque também tinham cidadania americana quando chegaram lá, mas eram também brasileiros.)

No feminino, a renovação também aconteceu, como na vitória de Talita sobre Gezary e em outros grande combates.

Confira, abaixo, a lista completa de pódios da faixa-preta. Para ver somente os resultados das finais, clique aqui!

OFERECIMENTO:

BLACK / Adult / Male / Rooster

1 – Bruno da Silva Malfacine – Alliance
2 – Caio Terra – Brasa CTA
3 – Lucas dos Santos Pinheiro – AMBJJ – Alex Martins Brazilian Jiu-Jitsu
3 – Tomoyuki Hashimoto – Brasa CTA

 

BLACK / Adult / Male / Light-Feather

1 – Michael Musumeci Jr. – Brasa CTA
2 – João Ricardo Bordignon Miyao – Cicero Costha Internacional
3 – Ary de Melo Farias – Atos Jiu-Jitsu
3 – Gabriel Afonso dos Santos Moraes – Alliance

 

BLACK / Adult / Male / Feather

1 – Rubens Charles Maciel – Alliance
2 – Leonardo Fernandes Saggioro – Brazilian Top Team Int.
3 – Gianni Paul Grippo – Alliance
3 – Shane Jamil Hill-Taylor – Team Lloyd Irvin

 

BLACK / Adult / Male / Light

1 – Lucas Alves Lepri – Alliance
2 – Roberto Satoshi de Souza – Bull-Terrier Bonsai
3 – Jhonny Loureiro Sigallis Souza – Alliance International
3 – Yan Lucas Cordeiro Paiva – Ribeiro Jiu-Jitsu

 

BLACK / Adult / Male / Middle

1 – Gabriel Arges de Sousa – Gracie Barra
2 – Marcos Vinícius da Silva Tinoco – Alliance International
3 – Jaime Soares Canuto – GF Team International
3 – Otavio Ferreira de Sousa – Gracie Barra

 

BLACK / Adult / Male / Medium-Heavy

1 – Andre Luiz Leite Galvão – Atos Jiu-Jitsu
2 – Patrick Pontes Moura Santos Gaudio – GF Team
3 – Felipe Carsalade Araujo Pena – Gracie Barra
3 – Rômulo Claudio Barral – Gracie Barra

 

BLACK / Adult / Male / Heavy

1 – Nicholas de Barcellos Meregali – Alliance International
2 – Leandro Lo Pereira do Nascimento – Ns Brotherhood
3 – Dimitrius Soares Souza – Alliance
3 – Guilherme Augusto Soares Santos – Alliance

 

BLACK / Adult / Male / Super-Heavy

1 – Erberth Santos de Mesquita – Atos Jiu-Jitsu
2 – Bernardo Augusto Rocha de Faria – Alliance
3 – Luiz Fernando de Azevedo Panza – CheckMat
3 – Mahamed Aly Santos da Silva – Team Lloyd Irvin

 

BLACK / Adult / Male / Ultra-Heavy

1 – Marcus Vinícius Oliveira de Almeida – CheckMat
2 – Gustavo Dias Elias – Ribeiro Jiu-Jitsu
3 – João Gabriel de Oliveira e S. Rocha – Soul Fighters BJJ
3 – Otavio de Souza Nalati – Team Lloyd Irvin

 

BLACK / Adult / Male / Open Class

1 – Marcus Vinícius Oliveira de Almeida – CheckMat
2 – Leandro Lo Pereira do Nascimento – Ns Brotherhood
3 – Erberth Santos de Mesquita – Atos Jiu-Jitsu
3 – Luiz Fernando de Azevedo Panza – CheckMat

 

BLACK / Adult / Female / Rooster

1 – Rikako Yuasa – Paraestra Shinagawa
2 – Rayanne Amanda Carmo dos Santos – Attack JJ Team – Belém PA
3 – Outi Järvilehto – Brasa CTA
3 – Serena Gabrielli – Flow

 

BLACK / Adult / Female / Light-Feather

1 – Ana Talita de Oliveira Alencar – Alliance
2 – Gezary Matuda Kubis Bandeira – American Top Team
3 – Kristina Sofia Puruganan Barlaan – Brasa CTA
3 – Thamires Diógenes de Aquino – GF Team

 

BLACK / Adult / Female / Feather

1 – Emilie Maxine M. H. Thylin – Gracie Humaita South Bay
2 – Ana Carolina Schmitt – Gracie Humaita
3 – Aarae Alexander – Team Lloyd Irvin
3 – Jaqueline de Moraes Amorim – CheckMat

 

BLACK / Adult / Female / Light

1 – Luiza Monteiro Moura da Costa – Ns Brotherhood
2 – Beatriz de Oliveira Mesquita – Gracie Humaita
3 – Jessica Cristina C. A. dos Santos – Elite Brazilian Jiu Jitsu Redmond
3 – Tammi Alana Musumeci – Brasa CTA

 

BLACK / Adult / Female / Middle

1 – Ana Carolina Vieira Srour – GF Team
2 – Monique Medeiros Elias – Alliance
3 – Amanda Loewen – SBG International (SBGI)
3 – Nivia de Souza Moura – Ribeiro Jiu-Jitsu

 

BLACK / Adult / Female / Medium-Heavy

1 – Nathiely Karoline Melo de Jesus – Cicero Costha Internacional
2 – Andresa Correa – Alliance
3 – Jessica da Silva Oliveira – Gracie Barra
3 – Leah Roseanne Taylor – SBG International (SBGI)

 

BLACK / Adult / Female / Heavy

1 – Claudia Fernanda Onofre V. Doval – De La Riva JJ
2 – Talita Andrea Nogueira – Ns Brotherhood
3 – Fernanda Mazzelli Almeida Maio – Striker JJ

 

BLACK / Adult / Female / Super-Heavy

1 – Tayane Porfírio de Araújo – Alliance
2 – Venla Orvokki Luukkonen – Hilti BJJ Jyvaskyla

 

BLACK / Adult / Female / Open Class

1 – Tayane Porfírio de Araújo – Alliance
2 – Nathiely Karoline Melo de Jesus – Cicero Costha Internacional
3 – Beatriz de Oliveira Mesquita – Gracie Humaita
3 – Jessica da Silva Oliveira – Gracie Barra

_______________________________

Adult Male – World JJ Championship 2017

1 – Atos Jiu-Jitsu – 105
2 – Alliance – 88
3 – GF Team – 53
4 – CheckMat – 38
5 – Brasa CTA – 36
6 – Cicero Costha Internacional – 30
7 – Gracie Barra – 24
8 – Nova União – 21
9 – Unity Jiu-jitsu – 19
10 – Ribeiro Jiu-Jitsu – 19

 

Adult Female – World JJ Championship 2017

1 – Alliance – 67
2 – CheckMat – 51
3 – Gracie Barra – 45
4 – Soul Fighters BJJ – 30
5 – Gracie Humaita – 26
6 – Ns Brotherhood – 24
7 – GF Team – 22
8 – Jiu-Jitsu For Life Team – 19
9 – Fight Sports – 18
10 – Cicero Costha Internacional – 15

 

Juvenile – World JJ Championship 2017

1 – Atos Jiu-Jitsu – 126
2 – Gracie Barra – 43
3 – Infight JJ – 39
4 – Team Lloyd Irvin – 34
5 – Alliance – 31
6 – GF Team – 29
7 – CheckMat – 23
8 – Ares BJJ – 18
9 – Brasa CTA – 17
10 – LEAD BJJ – 17

 

Novice – Int. Novice JJ Championship

1 – CheckMat – 43
2 – Gracie Barra – 29
3 – Atos Jiu-Jitsu – 25
4 – GF Team – 20
5 – Gracie Humaita – 19
6 – Marra Senki Brazilian Jiu Jitsu Academy LLC – 18
7 – Nova União – 17
8 – Carlson Gracie Team – 16
9 – Brasa CTA – 13
10 – Baret Submissions – 12

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *