Brasileiro 2017: Lo x Erberth e Bia x Tayane nas finais do absoluto faixa-preta

Share it

Lo em ação no Brasileiro de 2017. Foto: Flashsport

Mais de 5.700 atletas se inscreveram para duelar em busca do ouro e da glória no tradicional Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu, que neste ano de 2017 retornou ao ginásio José Correa, em Barueri, para rechear 12 áreas de luta com o que há de melhor na arte suave.

Neste sábado, dia 29, os destaques do dia ficaram para as disputas do absoluto na faixa-preta, tanto no masculino quanto no feminino. Grandes nomes do esporte entraram em ação e o público que lotou o as arquibancadas presenciou um verdadeiro espetáculo de raça, determinação e técnica. As disputas de hoje definiram os finalistas de amanhã, no domingo que recebe também os combates nas categorias de peso.

Na final do aberto masculino estarão os dois atletas que mais sacudiram o ginásio poliesportivo de Barueri, dentre os mais de 5 mil inscritos na competição. Leandro Lo e Erberth Santos superaram quatro lutas cada e garantiram sua vaga na busca pelo ouro absoluto.

Para se garantir na finalíssima, Lo passou primeiro por Moisés Junior, com um estrangulamento pelas costas. Depois a fera bateu Rodrigo Ribeiro (G13), que foi bem na luta mas foi superado por Lo em 5 a 0 nos pontos, com uma queda e uma passagem. Em seguida, Lo encarou o peso pesadíssimo Otávio Nalati (Guigo JJ), e contabilizou 8 a 0 nos pontos, depois de desequilibrar o gigante e pegar as costas. Na semifinal, Leandro enfrentou Renato Cardoso (Alliance). O duelo foi movimentado, com uma raspagem de Lo no início, devolvida por Renato em seguida. Com 2 a 2 nos pontos, Lo raspou mais uma vez, passou e acumulou nove pontos contra dois no resultado final da disputa.

“Amanhã tem o peso né? Fazer mais força. Peguei uns caras muito duros hoje no absoluto. Vamos ver o que vai dar na final”, disse o esbaforido Lo ao GRACIEMAG.com.

Erberth, por sua vez, fez sua campanha até a final ao superar Eduardo Sarkissian (Barbosa JJ) com um estrangulamento pelas costas. Depois, estrangulou mais uma, dessa vez contra Caio Freitas (Halavanca JJ), depois de começar atrás nos pontos ao levar uma queda. Erberth raspou de volta, passou, pegou as costas e finalizou. Em seguida, Erberth partiu para cima de Rodrigo Akillis (Alliance). A luta começou quente, mas Erberth mais uma vez pegou no pescoço. Na semifinal, o atleta da Almeida JJ encarou seu rival Victor Honório (GFTeam). Erberth derrubou e saiu na frente, para depois tentar pegar uma finalização no braço e ver Honório aproveitar a brecha para inverter. Depois, com a luta mais parada e estudada, os árbitros puniram ambos e ameaçaram desqualificar as feras por falta de combatividade. Victor, então, puxou para tentar trabalhar, mas Erberth por cima escorregou e quase passou e montou antes de ouvir o soar do apito final. Após quatro a quatro nos pontos, Erberth venceu por estar na frente nas vantagens.

“Ele já me venceu alguma vezes. Corrigi minhas entradas de queda desde a última vez que nós lutamos, no Sul Americano. Consegui derrubar, mas ele inverteu. Me recuperei nas vantagens no fim e estou muito feliz de conseguir estar pelo terceiro ano seguido na final do absoluto”, disse a fera.

No feminino, o absoluto também levantou a galera. Bia Mesquita fez seu caminho até a final ao bater Carina Santi (G13) com um estrangulamento pelas costas no seu primeiro duelo. Em seguida, Bia fez 10 a 0 sobre Cláudia Do Val (De La Riva), ao conseguir, inclusive, passar a dura guarda de Cláudia, que antes havia batido Samela Lopes e Talita Treta (Ns Brotherhood). Do outro lado da chave nas semifinais, Tayane Porfírio encarou a valente guardeira Bia Basílio (Almeida JJ), que conseguiu fechar e controlar Tayane por algum tempo, até que a fera da Alliance engrenou e fez 15 a 0 ao passar e montar algumas vezes.

Fique ligado em GRACIEMAG no Instagram, Twitter e Facebook para conferir nossa cobertura especial do Brasileiro de Jiu-Jitsu de 2017!

A cobertura do Campeonato Brasileiro 2017 é um oferecimento de STORMSTRONG.

logo recortada preto e cinza

 

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *