Roger Gracie para Ronaldo Jacaré: “Você é o que mais merece esse cinturão do UFC”

Share it
Roger vs. Jacaré at the 2005 ADCC

Roger e Jacaré ficaram frente a frente inúmeras vezes no mundias da IBJJF e no ADCC. Foto: Arquivos GRACIEMAG

Clássicos rivais no Jiu-Jitsu, Roger Gracie e Ronaldo Jacaré criaram uma relação de respeito e admiração ao longo dos últimos anos, depois que deixaram de disputar, cabeça a cabeça, os absolutos nos Mundiais da IBJJF.

Ambos migraram com sucesso para o MMA. Roger conquistou o cinturão do disputado One FC, Jaca foi campeão do Strikeforce e hoje figura entre os principais pesos médios do Ultimate. Em seu último duelo, porém, Jacaré acabou superado pelo rápido e preciso Robert Whittaker. Sem entrar na corrente dos críticos ou pessimistas, o Gracie tratou de dar uma injeção de ânimo no velho arquirrival.

Em entrevista ao GRACIEMAG.com, Roger reforçou que uma das principais qualidades de Jacaré é a perseverança e a mente inabalável, o que faz o amigo crer no título ainda. Roger, como o leitor se lembra, viu de perto o histórico episódio no qual Jacaré quebrou o braço e mesmo assim faturou o ouro no Mundial 2004, na final do absoluto faixa-preta.

“Tenho certeza que ele vai se recuperar e dar a volta por cima na categoria. O Jacaré demonstrou várias vezes ao longo da carreira que tem a cabeça super boa. Ele não vai deixar que apenas uma derrota o abale. Sei que ele vai se dedicar e voltar mais forte que nunca. O Jacaré é um atleta excepcional, isso aí foi um baixo na carreira dele, um dia em que ele não estava tão bem. Acontece. O cinturão dele vai chegar, ele merece mais do que todos, é um cara especial e construiu tudo na vida dele”, elogiou.

Roger aproveitou para comentar um detalhe importante da luta de Jacaré, quando o craque chegou nas costas de Whittaker e não controlou a posição. Roger ressaltou os méritos do adversário, que certamente estava ciente dos perigos de Jaca no solo, e comentou também o quão difícil é usar as habilidades do Jiu-Jitsu no MMA.

“Hoje em dia no MMA não tem bobo, todo mundo treina tudo. É muito difícil finalizar nas costas com a luva de MMA, especialmente a do Ultimate que é mais grossa do que a do One ou a do Strikeforce. A mão escorrega demais na hora da finalização”, analisou a fera.

E para você, amigo leitor, Roger Gracie está certo ao vislumbrar um retorno triunfal de Ronaldo Jacaré na divisão de pesos médios do UFC? Comente conosco. Oss!

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *