Jiu-Jitsu: Marcus Buchecha vence Rafael Lovato; Bráulio Estima se machuca e Leandro Lo vence substituto no ADCC Trials

Share it

Marcus Buchecha venceu a luta mais aguardada da noite. Foto: Divulgação

Fortes emoções rolaram na seletiva americana do ADCC 2017, realizada neste sábado, dia 15 em Anaheim, nos EUA. Além dos competidores que lutaram sem kimono pela chance de disputar o evento principal da organização, que acontece em setembro, na Finlândia, o ADCC Trials organizou ainda quatro superlutas com grandes nomes do Jiu-Jitsu mundial.

Na luta principal, o recordista dos mundias da IBJJF Marcus Buchecha mostrou que sua habilidade no Jiu-Jitsu vai além das pegadas de kimono. Em duelo sem pano nas regras do ADCC, a fera encarou o também campeão mundial Rafael Lovato Jr. Para ficar com a vitória, Buchecha trabalhou seu jogo de pressão, derrubou duas vezes e passou a guarda, para acumular 6 a 0 na pontuação.

Para a luta coprincipal, a grande bomba da noite. Bráulio Estima, que estava escalado para encarar Leandro Lo, foi retirado da luta minutos antes desta acontecer. O motivo? Uma lesão na coxa enquanto aquecia para o duelo. O Carcará explicou:

“Não tenho palavras para descrever tudo isso. Depois de um camp muito complicado, com várias lesões dentro de dois meses (15 pontos no olho esquerdo, ombro direito, ombro esquerdo, joelho direito, pescoço), terminei rasgando o tendão da coxa no aquecimento para a minha luta. Me desculpem, eu estava realmente ansioso para lutar. Eu só posso pedir desculpas por deixar meus fãs na mão. É o pior sentimento que já senti na minha carreira”, declarou desolado o craque nas redes sociais.

Para substituir Estima, o ADCC escalou o polêmico Gordon Ryan. O americano topou entrar no tatame contra Lo de última hora, mas não foi páreo para o astro brasileiro que figura na capa da GRACIEMAG deste mês. Leandro não teve vida fácil contra Ryan, mas conseguiu sair na frente no placar ao aplicar duas quedas e vencer a disputa.

Antes, Roberto Cyborg fez luta muito técnica contra Vinny Magalhães, e venceu ao pegar as costas e contabilizar 3 a 0 na pontuação do ADCC. E na primeira superluta, o craque Bruno Frazatto venceu Geo Martinez, pupilo de Eddie Bravo, após escapar de duras investidas nas chaves de perna. O brasuca faturou a disputa por 5 a 0 nos pontos.

Nos duelos que valiam vaga, Vagner Rocha, que disputou o ADCC 2015, conquistou sua entrada na edição 2017 ao bater AJ Agazarm na final até 77kg. Outro destaque ficou para a jovem e implacável Elisabeth Clay, faixa-azul de apenas 16 anos, que faturou a vaga até 60kg.

Confira abaixo os resultados completos do evento:

Superlutas

Marcus Buchecha venceu Rafael Lovato por 6 a 0 nos pontos
Leandro Lo venceu Gordon Ryan por 4 a 0 nos pontos
Roberto Cyborg venceu Vinny Magalhães por 3 a 0 nos pontos
Bruno Frazatto venceu Geo Martinez por 5 a 0 nos pontos

Seletiva Masculina

66kg – Ethan Crelinsten finalizou Ricky Lule no estrangulamento pelas costas
77kg – Vagner Rocha venceu AJ Agazarm na decisão dos jurados
88kg – John Salter venceu DJ Jackson nas penalidades
99kg – Paul Ardila venceu Nick Schrock por 4 a 0 nos pontos
+ 99kg – Casey Hellenberg finalizou Jesseray Childrey no leglock

Seletiva Feminina

-60kg – Elisabeth Clay venceu Nicole Sulivan por 8 a 0 nos pontos
+60kg – Tara White venceu Kendal Reusing por 2 a 0 nos pontos

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *