Procurando uma academia de Jiu-Jitsu para treinar? GRACIEMAG Indica!

Share it

Graciemag_GMI_FeaturedSlide620+venum

Todos os meses, recebemos centenas de mensagens de leitores buscando sugestões de onde treinar Jiu-Jitsu. São pessoas que nunca treinaram, ou estão de mudança, e gostariam de uma boa dica de onde aprender a maravilhosa arte suave.

Para ajudar tanto o praticante quanto proprietários e professores que levantam a bandeira da arte suave em todo o Brasil, formatamos um modelo de divulgação que garante não só mais visibilidade como também credibilidade às academias parceiras. Trata-se do serviço GRACIEMAG Indica, a tão comentada sigla GMI.

Os professores que fazem parte do serviço GMI são beneficiados com preços especiais para anúncios, além de obterem total suporte da equipe de GRACIEMAG para a confecção de artes publicitárias. Além disso, estabelecem um canal direto com nossa equipe de reportagem, colaborando com os nossos veículos de comunicação (revista, site, redes sociais) e fortalecendo a missão principal da Editora GRACIE, que é disseminar o Jiu-Jitsu pelo mundo, em todas as suas formas de manifestação.

O time GMI é composto por nomes de muito respeito e abrange dezenas academias, espalhadas por vários estados do Brasil. Juntos, nós revelamos, mês a mês, o grande potencial do mercado de escolas de Jiu-Jitsu e, sobretudo, o talento dos profissionais que constituem esse mercado.

Em resumo, caro professor: basta que você dê ótimas aulas de Jiu-Jitsu; a GRACIEMAG levará os alunos até você! Para mais informações, visite www.graciemag.com/pt/gmi ou mande a sua mensagem para gmi@graciemag.com.

Se preferir, ligue para (21) 97135-9793 ou envie mensagem pelo Whatsapp. Nós lhe daremos todas as informações necessárias para ingressar em nosso time e fazer parte de nosso já consagrado catálogo de academias, uma poderosa rede de transmissão de conhecimento sobre o universo do Jiu-Jitsu, a qual beneficia milhares de alunos em suas trajetórias até a faixa-preta.

Confira nossas dicas de onde treinar Jiu-Jitsu, aqui.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *