Fotos: Aldo e Chad agitam treino aberto do UFC no gramado do Maraca

Share it
A encarada de Aldo e Chad no treino aberto do UFC 179. Foto: Carlos Arthur Jr.

A encarada de Aldo e Chad no treino aberto do UFC 179. Foto: Carlos Arthur Jr.

Na tarde ensolarada desta quinta-feira, dia 23 de outubro, as estrelas do UFC 179 se apresentaram em palco montado no tapete verde do Maracanã. Protagonistas da luta principal, José Aldo e Chad Mendes se encararam e fizeram seu treino para imprensa, juntamente com Glover Teixeira, Phil Davis, Fabio Maldonado, Willian Patolino e Gilbert Durinho.

Durinho foi o primeiro no palco. Acompanhado do casca-grossa Tyrone Spong, Gilbert mostrou um boxe afiado. O tatame montado sobre o sol tórrido do impediu qualquer movimentação no chão, mas o faixa-preta prometeu trazer seu Jiu-Jitsu e tudo mais que tiver para sua estreia no peso-leve do Ultimate:

“Vou levar tudo. Bomba, granada, espada. Todas as minhas armas estarão no cage sábado”, disse a fera.

Durinho afia o sprawl do Jiu-Jitsu no treino aberto. Foto: Carlos Arthur Jr.

Durinho afia o sprawl do Jiu-Jitsu no treino aberto. Foto: Carlos Arthur Jr.

Depois foi a vez de Willian Patolino. Com rapidez nas mãos e potência nos chutes, o casca-grossa da Pejor está empolgado para seu combate contra Beneil Dariush.

De tênis, Patolino chuta alto no treino do UFC. Foto: Carlos Arthur Jr.

De tênis, Patolino chuta alto no treino do UFC. Foto: Carlos Arthur Jr.

Logo após, foi a vez de Fábio Maldonado adentrar o gramado para sua apresentação. Com as mãos afiadas por anos de boxe profissional e um bom jogo de quedas, Maldonado relembrou seu rápido revez para Stipe Miocic, exaltou o algoz mas lembrou alguns detalhes esquecidos:

“A luta com o Miocic foi no peso pesado. Mas eu queria fazer 25 minutos de porrada. Não importa, sair quebrado e ensaguentado, mas queria lutar mais. A mão dele entrou, foi um belo golpe. Torço por ele, menos contra o Cigano que é meu amigo”, disse o carismático Fábio.

Maldonado mostrou seu boxe classudo no treino. Foto: Carlos Arthur Jr.

Maldonado mostrou seu boxe classudo no treino. Foto: Carlos Arthur Jr.

Em seguida, foi a vez de Glover e Phil Davis na clássica encarada. Phil subiu para os treinos descalço, porém mais uma vez o sol se mostrou implacável ao torrar o solo, o que forçou Davis a treinar com simples chinelinhos. O americano foi ovacionado pelo público, e disse se sentir mais brasileiro do que nunca, além de reconhecer que o reconhecimento brasileiro já é uma vitória.

O público gritava o nome do americano, e este entrou na brincadeira. Foto: Carlos Arthur Jr.

O público gritava o nome do americano, e este entrou na brincadeira. Foto: Carlos Arthur Jr.

Glover entrou também, mas com um treino mais rápido. Com pouca potência nos seus ganchos letais, o mineiro de Sobrália terminou as atividades e se desculpou com a galera: “Peguei leve no treino para descer a porrada na luta. Esperem o melhor de mim”, disse.

Glover treinou pouco, mas prometeu acelerar no combate contra Davis. Foto: Carlos Arthur Jr.

Glover treinou pouco, mas prometeu acelerar no combate contra Davis. Foto: Carlos Arthur Jr.

Chad foi recebido com o clássico “Uh, vai morrer”, mas depois do treino foi pra galera e todos queriam uma foto ou autógrafo. Aldo estava com sua torcida, cantando e incentivando o campeão com músicas personalizadas. A encarada foi morna, mas certamente podemos esperar um duelo digno de luta principal no concorridíssimo UFC Rio.

Chad Mendes acena pra galera no treino aberto. Foto: Carlos Arthur Jr.

Chad Mendes acena pra galera no treino aberto. Foto: Carlos Arthur Jr.

E você, leitor? Qual resultado você espera do duelo Aldo x Mendes? Comente conosco!

Depois do treino, José Aldo foi pra galera. Foto: Carlos Arthur Jr.

Depois do treino, José Aldo foi pra galera. Foto: Carlos Arthur Jr.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *