Exército brasileiro convoca o Jiu-Jitsu em treino especial no Rio de Janeiro

Share it
Christiano Taveira, Diego Monteiro, Filipe Jerry Oliveira e Tenente Gustavo Oddone posam para a foto. Foto: Divulgação

Christiano Taveira, Diego Monteiro, Filipe Jerry Oliveira e Tenente Gustavo Oddone durante a aula de combate corpo a corpo. Foto: Divulgação

Sempre em busca de uma melhor preparação dos seus oficiais, o 1º Batalhão de Polícia do Exército costuma realizar, uma vez por ano, um treino especial de técnicas de combate corpo a corpo. No último dia 8 de abril, o Exército brasileiro convocou o Jiu-Jitsu para afiar seus militares.

No curso, chamado de Estágio de Lutas e Uso Progressivo da Força, os professores da academia Gracie Barra foram chamados para passar suas técnicas de solo para as tropas.

“O objetivo deles não é apenas treinar o combate corpo a corpo, mas também melhorar em aspectos como o preparo físico, mental e psicológico, em como agir sob pressão, tomar decisão, entre outras contribuições. Ou seja, tudo que o Jiu-Jitsu trabalha diariamente em nós, praticantes”, explica Filipe Jerry Oliveira, professor da GB.

Para os oficiais do Exército, como o tenente Gustavo Oddone, o Jiu-Jitsu e as artes marciais são aliados importantes, não apenas para os militares que treinam, mas principalmente para a população em geral, que conta com oficiais cada vez mais preparados para o exercício de sua função.

Oficiais atentos à demonstração de defesa da montada, do professor Filipe Jerry. Foto: Divulgação

Oficiais atentos à demonstração de defesa da montada, com o professor Filipe Jerry. Foto: Divulgação

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article

Deixe uma resposta para Jorge Fabiano Santos Matos Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *