IBJJF moderniza regras e dá sinal verde ao antidoping

Share it

Primeira mudança das regras é relativa às faixas das crianças. Na foto, o Pan Kids da IBJJF, em flagra de John Lamonica.

 

Em sinal de que a cultura do Jiu-Jitsu também é um processo que muda e evolui com o tempo, a IBJJF estudou e decidiu implementar algumas mudanças em suas regras, regulamentos e sistemas, critérios que por vezes já duravam 40 anos, mas que agora demandaram alguns ajustes.

Foi o caso do sistema de graduação das crianças, que para incentivar e premiar a molecada, acabou criando nas diferentes escolas métodos criativos, porém muitas vezes variados, o que resulta num sistema caótico de academia para a academia.

A IBJJF ativa então, em 1º de janeiro de 2012, o novo sistema de faixas para os pequenos.

A partir do ano que vem, a criança que começar a treinar aos 4 anos de idade só poderá mudar de faixa ao completar 7 anos.

No entanto, para lutar contra a falta de motivação da criançada e evitar a discrepância técnica de iniciantes e os mais experimentados, o novo sistema da Federação sugere uma divisão em cada cor de faixa já existente.

Assim, cada cor de faixa será dividida em três diferentes “subcores”, por assim dizer.

A faixa-cinza, por exemplo, vai agora poderá ser usada por crianças de 4 até 15 anos.

Com as novas cores, no entanto, os professores poderão promover seus aluninhos todo ano. Por exemplo, uma criança que começa a treinar aos 4. A IBJJF sugere seis meses como faixa-branca, quando o aluno pode ser graduado a faixa cinza-branca. Mais seis meses, nova graduação: faixa-cinza.

Após um ano como faixa-cinza, o praticante vira cinza-preta. Aos 7 anos, dependendo do tempo de treino obviamente, ele pode receber a faixa-amarela.

Com 10 anos, o jovem aluno está apto a receber a faixa-laranja. Aos 13, pode ganhar a faixa-verde. O ciclo das subcores continua até os 16 anos, quando o lutador vira adulto.

Repare que apenas crianças que começarem com pelo menos 6 anos vão poder chegar a faixa-verde.

Para as competições, os pequenos atletas serão separados pelas cores sólidas: branca, cinza, amarela, laranja, verde.

Antidoping e kimono azul

A inovação no sistema é apenas parte de mudanças maiores nas regras, que serão anunciadas em breve, e entram em vigor em 2012. Uma delas, segundo uma fonte ligada à IBJJF, é uma medida que promete facilitar a vida e a visão dos árbitros, a obrigação de o lutador de kimono branco enfrentar um de kimono azul. Segundo pesquisas recentes na Europa, essa simples medida poupa a vista dos juízes e diminui os erros em 20%, em campeonatos de artes marciais.

Outro assunto palpitante é sobre o controle antidoping. Raposa felpuda ligada à IBJJF revelou ao GRACIEMAG.com que o pedido do povo e de muitos leitores nos comentários aqui do site deve virar realidade.

Uma consultoria com um especialista em medidas antidoping já foi feita, e a coisa deve evoluir ano que vem. “Exame antidoping não é apenas testar e banir, é um processo de educação dos atletas. É preciso definir o que é proibido, e já começamos a tocar isso”, contou a fonte, sem definir um prazo. Mas já dá para sonhar com um Mundial 2012 sem doping.

Aguarde novidades sobre as regras e campeonatos de Jiu-Jitsu aqui, no seu GRACIEMAG.com.

 

Ler matéria completa Read more
There are 45 comments for this article
    • Carlos Selva Jr. at 11:14 pm

      Você diz que Roger se dopa? É complicado acusar sem ter provas… são dessas pessoas como você que o BJJ não precisa.

      • Filipe Matos at 1:38 am

        roger gracie dopado ? po cara se voce olhar o shape dele ele nao tem indicios nenhum de anabolizantes ! nao tem abdomens como o de rodolfo vieira, mt pelo contrario, nao tem braços enormes tem um fisico ate mt normalzinho cara!!!! vamos pensar antes de acusar, ainda mais um cara extremamente respeitador, calmo e um exemplo para o esporte como é o roger !!!

      • Marcão at 2:45 am

        Concordo contigo exemplo péssimo têm gente muito mais evidente por aí seu problema é a qualidade do jiu-jirau do cara, o nome ou o favorecimento genético do mesmo.

      • Carlos Lacerda at 3:38 pm

        uma pessoa acusar o roger só pode ser um palhaço!! ou covarde falando essas coisa por aqui… não se deve acusar ninguem sem provas, o momento é de calma e ajudarmos no que for possível para o crescimento do nosso esporte

          • Batata at 5:18 am

            Roger na bomba, tem nada a ver, e se tomasse e não aparecesse acne, as vezes depende da genetica da pessoa aparece nada, fala besteira naum jãooo,110 rial pra ganhar medalha do camelo, afeee,por isso q naum fui, kimono de duas cores, afeee ,só besteira, o povo quer é grana,valorize com grana, ae sim trino igual loko,faixa cinza pra menina, ora bolas….

    • pedro at 8:42 pm

      bicho, o roger tem um fisico compativel com o tamanho dele, tem a cara lisa sem acne!!! da uma olhada com atenção no resto da galera e vc vai ver quem realmente toma bomba!!

    • Guilherme at 12:13 am

      Gabriel nada contra sua pessoa…, mas quem é você pra falar essas coisas?
      Me faz o favor, sei que você é livre para se espressar, mas não perca seu tempo fazendo o que você esta fazendo não, todos nós agradecemos…!
      Detalhe, existem pessoas que usam anabolizantes e que não apresemtam alguma modificão quanto a insidencia de acne…, um amigo ultiliza e nem aparenta !

  1. Santiagorcorrea at 11:10 pm

    agora sim, finalmente o jiu se adapta ao que é correto no esporte. vai ter gente tomando pau a fu no antidoping.

    vai ser legal ver a turma esvaziando o fisico machao…

  2. Josemelo at 12:06 am

    todos se preocupando com doping, podiam colocar os campeonatos em lugares melhores do que o tijuca que a pomba caga na sua cabeca, gastem dinheiro para evoluir o esporte, o atleta paga pra lutar, vai banir de que

  3. Abraham Lincoln at 3:35 am

    anti dopping ja tava na hora neh.
    mas no caso dos kimonos….alguem pode descrever melhor o q ira acontecer….vai ser igual no judo…ser obrigado a ter 2 kimono??? e o kimono preto???
    peço q alguem da redação explique melhor por favor

    • Anônimo at 2:39 pm

      Sim, a informação é que gradualmente atletas terão de usar apenas kimono branco e azul, e numa luta, kimono branco contra azul. Ainda não há confirmação se será apenas na faixa-preta, nas finais, em Mundiais… Isso ainda será definido, e divulgado. Aguardemos.

  4. Biel at 9:34 am

    As entidades que fomentam o Brazilian Jiu-Jitsu deveriam deixar de ter orgulho e vaidade e seguir os bons exemplos de organizacao, regulamentos e regras do Judo. O avanco dos tres arbitros, placar eletronico e diferenciacao do kimono, por exemplo, sao mudancas que facilitam para o atleta, arbitragem e, principalmente, o publico e a midia. Seguem sugestoes para evoulir ainda mais o esporte: diminuicao e padronizacao do tempo de luta para ser mais dinamico e a inclusao de uma area especifica para os tecnicos. Fica a dica… oooossssss

  5. perla at 11:26 am

    Gostaria de parabenizar a ibjjf pela iniciativa, estou muito feliz em ver o esporte evoluir. Pra mim o tijuca e otimo, luto la a 10 anos e nao tenho nada a reclamar.
    Qto as faixas foi otimo, melhor ainda qto ao doping, pode ter certeza que cabecas vao rolar….. e os campeoes mundiais atuais eu aposto que vao cair, e o negocio agora vai favorecer quem ta a anos ralando sem se dopar.

    Repare que os masters e seniors agora vao dar mais trabalho, pois sem bomba,l a coisa se nivela… muito garotao ai nao se cuida so toma bomba.

    Obrigado de coracao a IBJJF, sabia que um dia isso ia rolar, e esotu feliz de ter criticado os anabolizados e ter tido um resultado disso.

    • Luciano Pereira Padilha at 1:29 pm

      Concordo plenamente com você. Parabens pelo comentário. Isso irá mudar e muito o jogo nos campeonatos, é muito facil se bombar pra ter força o dificil é trabalhar inteligencia-tecnica-força, e esse detalhe vai fazer muitas cabeças rolarem….porque somente os esportistas possem… Ja era hora de afunilar… parabens a IBJJF..

    • Bruno at 3:39 pm

      Também acho que precisam acabar com essa droga! Os amarrões adoram, foi um festival no Rio Open. Tem que mandar voltar em pé!!!

    • Lucas at 8:15 pm

      Acho que aí é mais importante educar os árbitros! Amarrar na 50/50 ou em qualquer outra posição, tem que voltar em pé!!

  6. Rodolfo Ionta at 12:08 pm

    Como nosso amigo Josemelo falou é melhor eles gastarem tempo e dinheiro em investimento nos campeonatos e retorno aos atletas! Nós já pagamos para nos filiar, pagamos para lutar, temos pouco ou quase nenhum insentivo do sistema público e privado e agora eles vão querer fazer anti doping para banir quem da dinheiro ao esporte? Eu concordo plenamente com o Anti Doping, porém acho que todo esse esforço podem ser canalizados para melhorar o esporte em outros aspectos. Agora só falta eles obrigarem o atleta a pagar o exame!? O que não dúvida nada já que pagamos para competir, nos filiar e única coisa que ganhamos é uma medalha e o auto reconhecimento de ser campeão, nada mais…

  7. Richard at 1:49 pm

    campeoes cairam com o doping… e tbm concordo com um comentario a baixo… a ibjjf devia investir em premiacoes tbm pq eh ridiculo campeonatos como o mundial q arrecadam muuuuiiitooo dinheiro… e dao apenas uma medalha de premiacao pro melhor do mundo!! n digo em todas as faixas mais a preta devia ser obrigacao uma premiacao decente… pq medalha e maltodextrina ninguem vive disso…

  8. Gabriel at 3:05 pm

    Abri o link todo empolgado mas me decepcionei :
    1 – E as amarrações ? A maioria das finais hj são resolvidas com vantagens e anti-jogo…isso vai continuar ?
    2 – Fechamento de final vai continuar ?
    3 – e a Premiação ? Esses garotos abdicam de tudo pra se dedicar ao jiu-jitsu, vão continuar ganhando só medalhas em troca ?
    Pelo amor de Deus, isso é mais importante que graduação de criança de 4 anos !!!

  9. Subnaval at 3:37 pm

    Finalmente a IBJJF resoleu acabar com os falsos campeões! Agora eu quero ver a reviravolta entre os atuais campeões (masc e fem), a maioria vai cair! Muito bom saber que o jiu-jitsu de Hélio Gracie (com todo respeito) voltará aos tatames com o antidoping.

  10. Fcaverna2011 at 5:55 pm

    acho que deveria ter disputa do terceiro lugar, o campeão mundial felipe costa fez uma vez vários confrontos que o público gostaria de ver se tivesse disputa de terceiro lugar… e éssa regra de cinza p criança ainda fica meio desigual… deveria colocar branca, branca e cinza, cinza, cinza e amarela, amarela,amarela e laranja…. abçsss

  11. Gomes Batista at 8:06 pm

    Excelente notícia.

    Uma sugestão seria a de colocar uma cadeira no lado do tatame exclusiva para o técnico. Hoje, quando o atleta vai lutar, o técnico fica rouco de tanto gritar da arquibancada.

    Parabéns aos líderes da CBJJ.

    Ozzz

  12. Jotacharlie at 10:18 pm

    Vamos ser sinceros… no Jiu-jitsu nunca haverá antidoping, primeiro pq a federação não faz parte oficialmente de nenhuma entidade internacional ligada ao dopping e ainda com que dinheiro a federação vai bancar o antidopping??? antidopping não é exame de sangue, baratinho qualquer esquina faz… Profissionalização primeiro, depois o resto

  13. ROMANO JIU-JITSU at 12:00 am

    Agora vai…, que bom que essas mudanças chegaram ao BJJ!
    Quero ver os verdadeiros campeões com o anti-doping.
    Mas tem que estar tudo definido claramente sobre a graduação, todos “falando a mesma lingua”.
    Aguardo anciosamento sobre as reais mudanças do BJJ.
    Muitos comentários bons sobre o que precisa mudar, como:
    – Sistematização da graduação;
    – Amarração da luta;
    – Espaço para o atleta e sua equipe;
    – Premiação ADEQUADA (trabalhar com excelência não é barato); etc…
    Quero ver mais organização, grandes lutas. QUERO VER O JIU-JITSU CRESCER… E CONQUISTAR O QUE É DE DIREITO!
    Saudações a todos, bons treinos e grandes combates!
    Torço para que meu adversário seja grandioso, pois assim, minha vitória
    será mais grandiosa!

  14. Raul at 6:21 pm

    Serão muito bem vindas as mudanças na graduação e etc… Mas e os campeonatos?? Vamos continuar pagando R$ 110,00 pra lutar em um local que os pombos fazem cocô na cabeça de atletas, sem placar eletrônico e sem uma premiação em dinheiro pelo menos para recuperar o gasto?? Pra onde vai todo este dinheiro das inscrições em campeonatos pois além das inscrições a CBJJ/IBJJF ainda tem vários patrocinadores. Quantos atletas no Rio Open e Internacional de Master?? Uns 2 mil??? Conta simples 2000 x 110 = 220.000 fora os patrocinadores… pra onde vai este dinheiro????? Só no exterior em agosto terão mais 3 campeonatos da IBJJF, e o dinheiro pra onde vai???
    Com relação ao Doping, eu acho difícil pois p exame é caro e a Confederação não vai querer gastar do bolso dela.
    Ter 1 kimono de cada cor, Preta tudo bem, mas acho q isso não chega aos menos graduados pela questão financeira da coisa.
    O outro aí falou em Roger Gracie bombado ou algo parecido, fala sério, como ele lutaria o Strikeforce (nem sei se é assim rs) se tomasse bomba?? Não tem o q falar, fique quieto.
    OSS

  15. Gabriel at 6:35 pm

    ai sim, com anti-doping tenho certeza que mais da metade dos nossos campeões mundias não serão mais os mesmos!!! é visivel no mundo do jiu-jitsu que cada vez mais atletas se utilizam dessas substancias, e não é apenas dos homens que eu to falando, muitas mulheres também fazem uso, basta reparar ou comparar fotos delas em outros anos.
    PARABÉNS A IBJJF e ao JIU-JITSU!!!!
    OSSssssssss.

  16. Emerson Junqueira at 7:00 pm

    Kimono branco e azul? Legal ein. Desde que vc seja um atleta de ponta com patrocinio fica facil ter varios kimonos de diversas cores e modelos. Mas viu vem ca e aquele cara trabalhador, que gasta dinheiro pra se filiar todo ano, depois para pagar o campeonato, dai tem a passagem e o lanche. Em vez de popularizar a coisa ta querendo elitizar ainda mais. Absurdo!

  17. Carlos Maiolino at 10:44 pm

    Graças a Deus!!!!! Nosso Esporte terá uma visibilidade maior ainda. E mais esse é um grande passo que a IBJJF dá no caminho Olímpico. Parabéns!!!! Isso é a certeza que estamos bem administrados.
    Carlos Maiolino – IFC Jiu Jitsu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *